Arquivo | Games RSS for this section

Indepengames

Reportagem especial produzida por alunos do 2º ano do curso de Jornalismo da PUC-Campinas. Turma 4. Matutino.

Orientação: Rogério Bazi

Realização: LabIS Laboratório de Imagem e Som PUC-Campinas

União Européia decide que jogos digitais usados podem ser vendidos.

 

A indústria dos games, mais especificamente nos consoles, sempre tenta evitar um mercado ótimo para os jogadores, mas péssimo para os distribuidores: jogos usados.

DLCs gratuitos para jogos novos, passes onlines e outras ferramentas sempre fracassaram em desencorajar de verdade a venda de um jogo usado.

Enquanto isso, no mundo digital, o Steam começava um reinado (junto com outros portais como GamersgateOrigin e GoG): jogos digitais que, sem a necessidade de uma mídia física, tinham acesso e promoções com preços ridículos de baratos. E com umplus: o jogo sempre estaria atrelado à conta do usuário. Os jogadores não reclamavam pela facilidade e forma barata de compra, e os serviços não torravam o saco.

Mas agora, uma decisão da Corte de Justiça da União Européia acabou com a festa, afirmando que o consumidor pode revender qualquer propriedade que possua, mesmo que seja um jogo distribuído de forma inteiramente digital (confira o documento original aqui).

Reproduziríamos as leis traduzidas aqui, mas para não cometermos caneladas (já que o uso dos termos é muito difícil de traduzir), vamos explicar de forma resumida.

Basicamente, tudo o que você compra de forma digital na União Européia é seu e ponto. Toda transação do tipo transfere todos os direitos sobre aquele produto para o consumidor. Assim sendo, o direito de comercializar este produto digital cabe a você. Se vendido para outra pessoa, tal direito passa adiante, e você perde todo e qualquer direito ao produto, estando proibido de ter o programa instalado em seu computador.

Isso certamente obrigará serviços que usam DRM (Steam, Gamersgate e Origin) a repensar toda sua forma de comércio, para permitir tal tipo de revenda. Serviços mais livres, como o GoG, terão mais facilidade para implementar esta mecânica.

Agora, fica a pergunta: como se calcula o valor de um jogo usado?

Via Rock Paper Shotgun

 

 

 

CryENGINE 3


Qualquer pessoa pode agora baixar uma versão completa dos melhores do All-In-One Mecanismo de Desenvolvimento de Jogos, gratuitamente e usá-lo sem encargos para fins não-comerciais de desenvolvimento de jogos. Você pode experimentar a mais rápida ferramenta para criar mundos do jogo e usar o poder da CryENGINE 3 em seus próprios jogos

CryENGINE Uso Livre
Você pode usar CryENGINE 3 gratuitamente nas instituições de ensino, mesmo que você está cobrando taxa de matrícula. Sempre oferecemos o nosso motor de graça para os educadores, mas os estudantes agora individuais também podem baixar gratuitamente o motor e usá-lo para aprender sobre o desenvolvimento em tempo real 3D.

CryENGINE 3 também é livre para uso não-comercial, se você está distribuindo o seu jogo ou aplicativo de graça (e não cobrar por seu trabalho em sua produção, seja direta ou indiretamente), nenhuma licença adicional é necessária.

Requisitos do sistema [Desenvolvedor]
• Sistema Operacional: Windows XP SP2, Windows Vista SP1, o Windows 7
• CPU: Intel Core 2 Duo de 2 GHz, AMD Athlon 64 X2 de 2 GHz ou superior (um processador multi-core é recomendado)
• Memória: 2 GB RAM (4 GB recomendado)
• Placa de Vídeo: nVidia 8800GT 512MB RAM, ATI 3850HD 512MB RAM ou superior (SM mínimo 3,0)

Requisitos do sistema [Usuário Final]
Os usuários finais que utilizam apenas o lançador de jogo sem Sandbox tem menores exigências de sistema.
• Sistema Operacional: Windows XP SP2, Windows Vista SP1, o Windows 7
• CPU: Intel Core 2 Duo de 2 GHz, AMD Athlon 64 X2 de 2 GHz ou superior (um processador multi-core é recomendado)
• Memória: 1 GB RAM (2 GB recomendado)
• Placa de Vídeo: nVidia 8800GT 512MB RAM, ATI 3850HD 512MB RAM ou superior (SM mínimo 3,0)

CryENGINE 3 SDK 3.4.0 Trailer

SDK FAQ

 

Fonte.

AMD traz simuladores de carros da F1 para Campinas-SP

O GP AMD Vision é uma unidade móvel AMD, sobre um caminhão customizado que se abre transformando-se em um estande, onde você poderá viver uma verdadeira experiência com a AMD. No interior da unidade estão instalados 3 cockpits com software da AMD que simula o GP Brasil de F1. A performance dos computadores AMD e o realismo do jogo, farão com que você se torne um verdadeiro piloto!

Além de testar suas habilidades no comando de um Fórmula 1, você poderá ganhar brindes exclusivos AMD. Para isso, seja rápido e fique atento aos Desafios AMD.

A ação ocorrerá em Guarulhos, Campinas, São Bernardo e Osasco. Não perca tempo! Mostre que você é tão rápido quanto um processador AMD.

Como Participar

Além de você mostrar suas habilidades, você pode ajudar quem precisa. Para participar é simples: basta você levar 1 kg de alimento não perecível ou 1 peça de roupa em bom estado até o GP AMD Vision e acelerar fundo!
As arrecadações serão doadas para instituições de caridade da região onde a ação ocorrerá.

Além disso, a AMD promoverá ações de conscientização do descarte de materiais eletrônicos, que não devem ser jogados no lixo comum. Os materiais arrecadados durante esta ação serão doados a ONG´s que realizam separação e reciclagem destes materiais.

Desafio

A cada meia hora, teremos o Desafio AMD!
O corredor que fizer o percusso no menor tempo dentre os participantes, ganhará um exclusivo case para notebook AMD.
Serão realizados diversos Desafios ao longo dos dias, por isso fique atento e saia na frente!

Datas e Locais

 

 

Fonte