Google, Facebook e Amazon podem interromper acessos em protesto

Empresas protestam contra lei antipirataria do Senado norte-americano.
SOPA quer punir sites por distribuição ilegal de conteúdo pelos usuários

Google, o Facebook e a Amazon podem interromper seus serviços coordenadamente em protesto contra uma lei antipirataria que está em discussão no Senado norte-americano, de acordo com o site da Fox News.

Chamada de SOPA, sigla para Stop Online Piracy Act (pare com a pirataria on-line, em, tradução), a lei tem reforço de representantes da indústria de cinema e de música do país que querem evitar a perda de vendas de seus produtos distribuídos gratuitamente na web. O projeto responsabiliza os sites pelo conteúdo publicado ou distribuído ilegalmente pelos usuários, sugerindo que as empresas encontrem meios para impedir a pirataria. As penas incluem fechamento do site e até cinco anos de prisão.

Disney, Universal, Paramount e Warner Bros., grandes estúdios de Hollywood, apóiam a lei, enquanto Google, Amazon, Facebook, eBay, Twitter, PayPal, Zynga, Mozilla, entre outras, são contra.

O diretor da NetCoallition, uma associação das empresas da internet contra a lei, Markham Erickson, afirmou que a Mozilla, que desenvolve e distribui o browser Firefox, já desligou seus servidores durante um dia e que outras empresas como a Wikimedia, responsável pelo Wikipédia, pensa em fazer o mesmo.

Caso o serviço desses sites seja interrompido, os usuários não poderão fazer pesquisas no Google, atualizar o Facebook ou publicar mensagens no Twitter, por exemplo. No lugar das páginas, segundo Erickson, apareceriam mensagens contra a lei. “As pessoas precisam entender o impacto destas medidas pois estas normas mudam o modo como se usa a internet”.

Há alguns dias, 40 mil sites retiraram seus serviços do provedor GoDaddy após a companhia afirmar que apoia o SOPA. A NetCoallition publicou uma carta em novembro relatando os perigos da aprovação da lei. Até Sergey Brin, cofundador do Google se manifestou: “Embora eu entenda o objetivo da proposta de reduzir a pirataria on-line, mas estou surpreso que quem cria nossas leis poderia contemplar estas medidas que nos colocariam ao lado das nações mais opressivas do mundo.”

Anúncios

About Engenharia RMC

Canal da Região Metropolitana de Campinas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: